Arquivos
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 15/02/2009 a 21/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 04/01/2009 a 10/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 30/11/2008 a 06/12/2008
 23/11/2008 a 29/11/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 18/05/2008 a 24/05/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Editora Casa das Musas
 Blog do Samarone Lima
 Blog da Gabriela Leite
 Blog do Tião
 Babelia
 Blog da Liana Aragão
 Blog da Danyella Proença
 Blog do Lauro
 Blog da Maria Moura
 Blog Lauravive
 UOL - O melhor conteúdo
 popfabi




RAZÃO-POESIA o pensamento poema www.casadasmusas.org.br
 


RESUMO DA SEMANA

construí duas avalanches de espumas
caí em dois cadafalsos que me sorriam
assentei seis tijolos nos olhos dela
fiz sorrir dois desempregados
 
 
 
EMTAGUA
 
Vimos dois arco-íris, um sobre o outro ao mesmo tempo: dois círculos coloridos de meio-anéis. Todo mundo na rua viu. Mas somente um ou outro parou, levantou a cabeça e sorriu.
 
 
 
SER LIVRE
 
O mais interessante do meu escrever é que nem sempre concordo comigo.
 
 
 
ANTONIO PORCHIA
 
"As flores, vendo-as murchadas, as vejo mais belas".
 
 
 
IDENTIDADE
 
O feminino de Gustavo é Gostava?
 
 
 
BEM DITO

Dizer algo de importante para si mesmo
todos os dias.
Dizer às vezes que nem todos os dias
somos importantes
e importar-se com o pó, o vento, o chá
e o calçamento.

Dizer sempre que nem tudo se resume
ao trabalho e ao dinheiro
e saciar-se nas mínimas sensações abstratas.
 
Dizer de vez em quando alguma beleza
a si mesmo
e chamar-se de cactus, deserto, solidão...

Dizer algo todo dia que nos ajude a suportar
a nós mesmos
assim como as pedras suportam o seu próprio peso.

Arquitetar então pontes entre o eu e um infinito
para quem sabe poder se edificar no infinitivo
e alcançar a luz e a linguagem das estrelas.

E fartar-se de céu.


 



Escrito por Gustavo de Castro às 22h38
[] [envie esta mensagem
]





...ENQUANTO PENSO NA GRAMA

Algumas palavras não cabem na vida porque a vida não cabe nas palavras.

 

ALTAR

Das sete velas iguais acendidas

a do amor queimou adiante

a luz ferida.

 

PERGUNTE À CRIANÇA

Tem um cinza atrapalhando o seu azul?

PERGUNTE AO ADULTO

Consegues ver o vermelho quando alguém te quer?

PERGUNTE AO ANCIÃO

O que sabe o arco-íris?

 

QUANDO A ALMA NÃO É PEQUENA

O amor sempre vale a pena.

 

ANTONIO PORCHIA

"Falo aos céus e aos astros sem nenhuma timidez."

 

PESSOANA

Comprar dois bilhetes de solidão

pagando réis ao chão seis beijos

frios.

 

QUANDO DOIS DESERTOS SE ENCONTRAM

Brindemos nossas almas, brindemos!

Com copos de olhos tristes. Gelo e limão.

Com piano e balé, brindemos

amores suados de azul mascavo.

 

ECLIPSE

No deserto da lua, nossos olhos pareciam dois pirilampos de estrelas.

 



Escrito por Gustavo de Castro às 21h14
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]