Arquivos
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 15/02/2009 a 21/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 04/01/2009 a 10/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 30/11/2008 a 06/12/2008
 23/11/2008 a 29/11/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 18/05/2008 a 24/05/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Editora Casa das Musas
 Blog do Samarone Lima
 Blog da Gabriela Leite
 Blog do Tião
 Babelia
 Blog da Liana Aragão
 Blog da Danyella Proença
 Blog do Lauro
 Blog da Maria Moura
 Blog Lauravive
 UOL - O melhor conteúdo
 popfabi




RAZÃO-POESIA o pensamento poema www.casadasmusas.org.br
 


SORVENDO A ALEGRIA

Para não sair da infância - o tema que me dei a lamber entre semanas - ouvi hoje, no refeitório da UnB (o famoso bandeijão), algumas gargalhadas. Fico impressionado como os jovens riem. Até penso que rir tem a ver com felicidade. O que não é o caso. De onde diabos esses meninos tiram tanta alegria?

Uma menina-velha já chega rindo, como se tivesse lendo o que ando escrevendo aqui estas semanas. Pergunto de sua alegria e ela me diz que é a de voltar às aulas. "Voltar a estudar". Fico admirado por ainda ter esse tipo de gente hoje em dia. Eu mesmo nunca gostei de estudar e, segundo minha mãe, isso me faria poeta! Para ela, poeta era sinônimo de vagabundo. Quem gosta de estudar pode se tornar jornalista, advogado, comerciante de armas, executivo da Tim... enfim.

Prefiro as dançarinas, os que gostam de azeite e orégano e os que ouvem violinos. Só posso encontrar as raízes de tanta alegria em algum fundo de vitalidade que ainda não entendo. 

O melhor da vida é mesmo o que ainda não entendemos. Mas que vamos buscar.

Sem azeite e orégano é que não dá!  

 



Escrito por Gustavo de Castro às 18h06
[] [envie esta mensagem
]





NOVAMENTE A INOCÊNCIA

O divertimento do puro é o de descascar a banana dia-a-dia.

Nada mais resta a ele senão aplacar a sede que sente de água limpa. Quem muito pensa no puro é porque é impuro. Deus me livre então de não melar minha água - vez em quando - de barro, de pedra, de cal, de terra...

Pureza só tem sentido se houver o que limpar. O divertimento do puro é o de descascar a banana-de-si dia-a-dia.

Cavuca que cavuca como minhoca a si mesmo na Terra.

Pureza só tem sentido se houver o que limpar. De tanto descascar-se o puro tende naturalmente a desaparecer. Virar poeira. Pureza.

Melhor mesmo então é ter cascas por todos os lados: tatuadas, cicatrizadas, adornadas de anéis, brocas e batons.

Melhor mesmo é dependurar bolas e estrelas como se fôssemos uma árvore de natal. Para abrigar sob si presentes

sonhos, pastores, videntes.

Melhor então ter cascas muitas cascas. Uma dentro da outra. Muitas.

Como um imenso Cebolão.

 



Escrito por Gustavo de Castro às 16h52
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]