Arquivos
 08/03/2009 a 14/03/2009
 01/03/2009 a 07/03/2009
 15/02/2009 a 21/02/2009
 01/02/2009 a 07/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 04/01/2009 a 10/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 21/12/2008 a 27/12/2008
 14/12/2008 a 20/12/2008
 07/12/2008 a 13/12/2008
 30/11/2008 a 06/12/2008
 23/11/2008 a 29/11/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 02/11/2008 a 08/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 12/10/2008 a 18/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/08/2008 a 23/08/2008
 03/08/2008 a 09/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 13/07/2008 a 19/07/2008
 06/07/2008 a 12/07/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 15/06/2008 a 21/06/2008
 08/06/2008 a 14/06/2008
 01/06/2008 a 07/06/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 18/05/2008 a 24/05/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 04/05/2008 a 10/05/2008
 27/04/2008 a 03/05/2008
 20/04/2008 a 26/04/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 16/03/2008 a 22/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 24/02/2008 a 01/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 27/01/2008 a 02/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 16/12/2007 a 22/12/2007
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 23/09/2007 a 29/09/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 09/09/2007 a 15/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 19/08/2007 a 25/08/2007
 12/08/2007 a 18/08/2007
 05/08/2007 a 11/08/2007
 29/07/2007 a 04/08/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 17/06/2007 a 23/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 11/02/2007 a 17/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 28/01/2007 a 03/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 07/01/2007 a 13/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Editora Casa das Musas
 Blog do Samarone Lima
 Blog da Gabriela Leite
 Blog do Tião
 Babelia
 Blog da Liana Aragão
 Blog da Danyella Proença
 Blog do Lauro
 Blog da Maria Moura
 Blog Lauravive
 UOL - O melhor conteúdo
 popfabi




RAZÃO-POESIA o pensamento poema www.casadasmusas.org.br
 


ENCONTRO O DIABO NA ESQUINA

Ouvi Miguel dizer que Problema é um amigo. Amigo difícil. Feito de deshoras e ansioso, brigão, enjoado. Quando chega, não quer ir embora. E chega sem avisar. Problema gosta de ser encarado, metido que é a valente. Nós é que não queremos saber de abraça-lo. Alguém aí quer?

Só que não existe, na verdade, quem não o conheça, em maior ou menor grau, todo mundo vai, um dia, sair na porrada com ele. Ou então fazer acordos, partilhar entre-noites um toco de cigarro, chás e ervas-do-diabo.

Não adianta fugir dele. É como fugir do vento. Miguel disse também que Problema, quando aparece, vem trazendo Oportunidade, aquela moça meio-Capitu, desbravadamente discreta e entrona ao mesmo tempo. Oportunidade é a moça mais cortejada do bairro, disse Miguel. Mas poucos fazem por merecer.

Todo mundo só faz reclamar bunda-moles que são! 

E tu como lida com Problema? - perguntou Miguel.

Sai de perto de mim se tu não valer o suor de tuas lágrimas!



Escrito por Gustavo de Castro às 13h23
[] [envie esta mensagem
]





SOBRE DOR E FRALDAS

Conheci Liana Vanconcelos, poeta e escritora, assim que cheguei em Brasília. Na época, estava dando aula em um cursinho, eram mais de 150 alunos, cada um mais-mais que o outro. Imagine o que significa reunir em uma sala de aula 150 jornalistas e publicitários? Lembro que, na época, era cada um mais ansioso do que o outro, era para o concurso da Câmara dos Deputados e o Senado, em 2003, acho. Mas Liana, não. Ela parecia não estar ali, tinha olhos para outras letras. Quando fala comigo, não era para saber macetes de prova, mas para conversar sobre poesia e literatura. Foi naquele mesmo ano que ouvi as suas primeiras dores e acompanhei o seu pensamento sobre a nova literatura brasileira, os novos escritores, o mercado editorial. Liana fez um belo trabalho de mestrado, na UnB, sobre o Marcelino Freire e a sua trupe. Os novos marginais. Diga-se: marginais publicados por grandes editoras. De fato, marginais não tão marginais assim. Mas isso é outra história.  Liana continua publicando as suas dores no seu blog de escritos, pensamentos e divulgação literária, que ora compartilho com vocês. A Liana é mãe do Bernardo, que tem um ano.

E a blogueira poetiza sua realidade
por Liana Vasconcelos

Amarga. A fralda. E ri, sentada, sem graça, a poeta. Bala sugar free. Nada ingere, além de morte e, no extremo, ama. Ama, ama. (fralda) Se falam espíritos, ela escuta, amedrontada. Não cruza, sequer, o caminho para o toalete. A bexiga pode esperar. O coração, nem tanto. (fralda) Confusa recusa a verdade. Acusa, chora. Foge: barcos vikings, Colômbia, babalaôs, gargalhadas-suspiros-cheiros-de-nuvem, friends, tupinambás. (fralda) Pura. E volta, triste, dura e acuada. Vida de açúcar. Jejum indeciso. Vazia repousa, sozinha. Ama e troca fraldas.

(www.setorliterariosul.blogspot.com)



Escrito por Gustavo de Castro às 14h56
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]